sábado, 21 de outubro de 2017

Nádia vai bem na segunda vitória do Girona na Eurocopa






Na quinta, o Girona da pivô brasileira Nádia enfrentou o Landes (FRA) pela Eurocopa e saiu com a vitória por 78 a 47.

Nádia foi a cestinha do jogo com 16 pontos e 7 rebotes.

sexta-feira, 20 de outubro de 2017

Instituto Mangueira do Futuro recebe Copa Brasil sub-15 de Basquete Feminino


Após duas competições masculinas, as jovens estrelas do basquete feminino entram em quadra para mais uma competição da Copa Brasil de Clubes. Com a participação de 6 equipes nacionais, terá início na próxima segunda-feira (dia 23) a Copa Brasil de Clubes Feminina Sub-15, a ser disputada no Instituto Mangueira do Futuro, no Rio de Janeiro. Esse é o terceiro evento dos dez a serem realizados esse ano pela parceria entre a CBB e o Comitê Brasileiro de Clubes (CBC), com o objetivo de retomar os trabalhos com as categorias de base, caçar novos talentos, descobrir ídolos e renovar o basquete brasileiro. A partir de 2018 serão 10 eventos anuais até os Jogos Olímpicos de 2020.

O presidente da Confederação Brasileira de Basketball (CBB), Guy Peixoto, destacou a importância dessa Copa Brasil: “É mais um evento fundamental para o basquete brasileiro. Por se tratar do feminino, que sofreu com a falta de apoio nos últimos anos, a competição ganha uma importância ainda maior. Como disse desde o início da minha campanha, a Confederação dará total apoio às competições de base e, especialmente, ao naipe feminino”.

As equipes jogarão no formato circuito único com a realização de três jogos por dia. Os clubes participantes são: Instituto Mangueira do Futuro (RJ), Sport Club do Recife (PE), ADC Bradesco (SP), Sociedade Thalia (PR), AMAR Redenção (RJ) e Club Municipal (RJ).

Fonte: CBB

quarta-feira, 18 de outubro de 2017

Brasileiras na Eurocopa e Euroliga

Euroliga 

O espanhol Avenida, de Érika, conseguiu a proeza de vencer o poderoso UMMC Ekaterimburg (RUS), atual campeão Europeu e que conta com excelentes jogadoras em seu elenco: as americanas Britney Griner e Diana Taurasi, a espanhola Alba Torrens e a belga Emma Meesseman. O jogo terminou 56 a 43 para o Avenida, que contou com oito pontos e onze rebotes da pivô brasileira.

Eurocopa

Carolo Flames/Charleville (FRA) 79 x 63 Keltern (ALE)
Clarissa (Charleville): 14 pontos e 13 rebotes

O Girona, de Nádia, joga amanhã contra o Landes (FRA).

Euroliga: Equipe de Erika vence super time russo


Pela segunda rodada da Euroliga de Basquete Feminino, o Perfumarias Avenida, onde joga a pivô Erika venceu a equipe russa do UMMC Ekaterinburg, onde jogam Diana Taurasi, Alba Torrens, Raisa Musina, Brittney Griner, Emma Meesseman dentre outras estrelas.

O placar foi 56 x 43 e a brasileira foi a jogadora mais eficiente da partida (8 pontos, 11 rebotes e 16 de eficiência) em 30 minutos em quadra.

Convocada Seleção Brasileira para a disputa do Campeonato Sul Americano sub-14


A técnica Vânia Paulete, da AD Centro Olímpico, convocou a Seleção Brasileira Sub14 feminina para a disputa do Campeonato Sul-Americano da categoria, de 8 a 12 de novembro, na cidade de Popayan, na Colômbia. As atletas vão se apresentar no próximo dia 21, às 12 horas, no Atlanta Hotel, em Americana, para o período de treinamento que vai acontecer entre o dia 21 de outubro e 3 de novembro.

Jogadoras paulistas convocadas

Anna Clara Rodrigues - ala/armadora - 14 anos - 1,65m  -ADC Bradesco

Graça T. B. Barbosa - armadora - 14 anos - 1.62m - ADC Bradesco

Josiane Paiva Souza - armadora - 14 anos - 1,65m - AD Centro Olímpico

Kerolene Araújo dos Santos - pivô - 14 anos - 1,90m - SESI-SP

Maristela B. D. L. Souza - armadora -14 anos - 1,63m - Guarulhos

Raiane Dias Santos - ala - 14 anos - 1,70m - ADC Bradesco

Rhayssa J. Braz Souza - pivô - 14 anos - 1,75m - ADC Bradesco

Tabita A, N. Santos - ala/pivô - 13 anos - 1,78m - Instituto Brazolin

Thayná F. B. Santos - ala - 14 anos - 1,71m - AD Centro Olímpico

Vitória B. S. Paula - pivô - 14 anos - 1,83m - ADC Centro Olímpico


Demais convocadas

Vitória S. Carvalho - pivô - 14 anos - 1,85m - Inst. Mangueira-RJ

Anna V. G. Soutinho - ala - 13 anos - 1,80m - Inst. Mangueira – RJ

Bárbara E. C. Tabosa - ala/armadora - 13 anos - 1,63m - Colégio Dom Bosco-RO

Brenda B. Silva - pivô - 14 anos - 1,77m - Inst. Mangueira-RJ

Jamily D. R. Silva - ala/pivô - 14 anos - 1,78m - Inst. Adrianinha-PE

Julia R. Letty - ala/armadora - 14 anos - 1,68m - Sociedade Thalia-PR

Lívia M, R. Ribeiro - pivô - 14 anos - 1,79m - Colégio Padrão-AL

Luana B. Nitsche - ala - 14 anos - 1,77m - Vasto Verde-SC

Mariana M. Lima - armadora - 13 anos - 1,65m - Nosso Clube-PE

Mariana D. Silveira - amadora - 13 anos - 1,71m - Colégio Marista-DF

Comissão Técnica

Gerente técnica – Adriana Aparecida Santos Lopez

Administrador – Bruno Gomes Valentim

Técnica – Vânia Paulette

Assistentes técnicas - Fabiana Manfredi e Bruna Rodrigues

Preparador físico - Priscila Souza

Médico – Dr. Gabriel Furlan Margato

Fisioterapeuta – Aline Rossetto

Nutricionista - Marcela R. Simões


Fonte: FPB

Campeonato Paulista: São Bernardo derrota favorito São José


Contando com ótimas atuações do quarteto formado por Raphaela Silva, Lays Silva, Joice Rodrigues e Milena Rodrigues, a equipe do Instituto Brazolin/São Bernardo conquistou na noite desta terça-feira (16), sua maior vitória no returno da fase de classificação do Campeonato Paulista da Divisão Especial Feminina. Jogando no ginásio Baetinha, no ABC, derrotou o favorito São José por 55 a 50 (22 a 23 no primeiro tempo).

Com a vitória sobre São José, o Instituto Brazolin tem agora duas vitórias em sete partidas e vai motivado para o confronto contra do próximo sábado (21) contra o Poty/Bax/Catanduva, na sequência da competição.

No jogo desta terça-feira, o time do ABC entrou determinado, apesar do domínio do time do Vale do Paraíba que venceu o primeiro período por 14 a 9. No segundo período, o SB deu o troco e fez 13 a 9, encerrando a primeira parte do jogo atrás por 1 ponto: 23 a 22.

O terceiro período foi o melhor da equipe dirigida pelo experiente técnico Márcio Belliciéri, que fez de 11 a 6, e terminou o período em 17 a 13. O quarto período foi o mais equilibrado, cujas emoções maiores ficaram para os últimos segundos. Para a felicidade da torcida de São Bernardo, o jogo terminou com a capitã Joyce Rodrigues batendo e acertando os dois lances livres que consolidou a vitória da equipe do ABC por cinco pontos: 55 a 50

Rapahaela Silva, com 16 pontos, 10 rebotes, cinco bolas recuperadas e duas assistências, foi o principal nome do Instituto Brazolin, seguido por Lays Silva, com 15 pontos, oito rebotes, três bolas recuperadas e duas assistências, mais Joice Rodrigues (11 pontos, nove rebotes, cinco bolas recuperadas e três assistências) e Milena Rodrigues (nove pontos, seis rebotes, três bolas recuperadas e duas assistências). A equipe ainda pegou 45 rebotes, sendo 15 ofensivos.

Raphaela Silva, grande destaque da equipe do ABC, também estava em estado de muita alegria pela atuação e a vitória. "Foi uma sensação quase que inexplicável. O time todo não desistiu e pouco a pouco fomos sentindo que a vitória viria. Pelo fato de sermos mais novas apenas com uma jogadora realmente adulta complica um pouco, mas estamos em busca de experiência. Temos um time com jogadoras de alto potencial e rendimento. Por isso conseguimos jogar de igual para igual e saímos com uma grande vitória", disse Rapahela.

Lays, também estava muito feliz pela vitória e pela atuação. "Foi importantíssima para nossa equipe, ainda mais em cima do São José. Foi na nossa casa, sempre vai ser muito importante uma vitória no adulto para toda equipe. Estamos se esforçando para isso. Não é fácil ganhar de São José, por isso todas estão todas satisfeitas com o resultado", concluiu Lays Silva.

Pelo lado do São José, Patricia Ribeiro foi a cestinha com 15 pontos, mais cinco rebotes, duas assistências e duas bolas recuperadas. Bia (11 pontos, quatro rebotes e duas assistências) e Vitória Marcelinho (nove pontos, sete rebotes, quatro assistências e quatro bolas recuperadas), foram os principais destaques.

O técnico do Instituto Brazolin/São Bernardo só tinha elogios para suas meninas. “A equipe toda teve uma atitude defensiva. Conseguimos encaixar uma defesa perfeitamente, aliada a uma maior disciplina tática ofensiva. Realmente foi um grande resultado para ajudar ainda mais para o nosso maior objetivo”, afirmou Belliciéri. 

Fonte: FPB

domingo, 15 de outubro de 2017

Vídeo: Ex-jogadoras do Bauru Basquete ajudam a formar atletas para o time feminino

Santo André vence clássico do ABC e Venceslau derrota Catanduva

Matéria aqui.

Brasileiras na Europa

França

Carolo / Charleville 73 x 66 Roche
Clarissa (Charleville): 18 pontos e 12 rebotes


Espanha

1ª Divisão

Estudiantes 59 x 73 Araski
Tatiane (Estudiantes): 2 pontos


Avenida 64 x 48 Cadí
Érika (Avenida): 7 pontos e 6 rebotes


Girona 72 x 54 Ferrol
Nádia (Girona): 16 pontos e 7 rebotes


2ª Divisão

Gijón 59 x 71 Lima Horta
Iza Sangalli (Gijón): 16 pontos e 8 rebotes


Valência 79 x 49 Santa Gema
Ramona (Valência): 11 pontos, 5 assistências e 5 recuperações


Portugal

União Sportiva 64 x 51 Boa Viagem
Raphaella Monteiro (Sportiva): 18 pontos e 14 rebotes
Letícia (Sportiva): Não jogou

quinta-feira, 12 de outubro de 2017

domingo, 8 de outubro de 2017

Catanduva vence São José na abertura do returno do Paulista

Matéria aqui.

Brasileiras na Europa


França

Nice 45 x 85 Charleville
Resultado de imagem para flammes clarissa dos santos













Clarissa (Charleville): 17 pontos e 8 rebotes


Espanha

1ª Divisão

Avenida 76 x 53 Girona
Resultado de imagem para erika de souza avenida girona
Érika (Avenida): 21 pontos e 11 rebotes
Nádia (Girona): 12 pontos e 5 rebotes


Ferrol 73 x 63 Estudiantes
Tati Pacheco (Estudiantes): 15 pontos e 7 rebotes


2ª Divisão

Gijon 69 x 71 Rioja
Izabella Sangalli (Gijon): 19 pontos e 5 rebotes

Alcobendas 73 x 69 Valência
Ramona (Valência): 4 pontos e 5 rebotes


Portugal

União Sportiva 62 x 39 Acadêmico
Raphaella Monteiro (Sportiva): 16 pontos e 11 rebotes.
Letícia Rodrigues (Sportiva): Não jogou

quarta-feira, 4 de outubro de 2017

Entrevista - Carlos Lima (Bala na Cesta)

Link: aqui!

Equipe de Joice Coelho disputa a Terceira Divisão Espanhola



A nova equipe da ala Joice Coelho se chama Grupo Tirso Igualatorio Cantabria, na cidade de Santander, e estreou com vitória no último domingo na temporada da Terceira Divisão da Espanha.

Joice é a segunda estrangeira a vestir a camisa do clube na história.

Na temporada passada, o clube contou com os serviços da americana Lindsay Stockton, filha do lendário armador John Stockton.

Clarissa conquista primeira vitória na Liga da França



​Clarissa dos Santos conquistou a primeira vitória na Liga de França de Basquete, com Flammes Carolo, de Charleville Mézières, sua nova equipe. A partida contra Hainaut Basket, de Saint Amand, realizada na tarde desta quarta-feira, 04/10, em Charleville, terminou com o placar de 85 a 77 (parciais: 14-17, 21-20, 26-20, 24-20). Com 31 minutos de atuação, Clarissa marcou 13 pontos e recuperou oito rebotes.

- Foi nosso primeiro jogo em casa e foi uma partida nervosa.  Tivemos momentos bons, conseguimos boa vantagem e outros mais instáveis. No ultimo quarto, depois de alguns erros, deixamos que o time delas abrissem nove pontos de vantagem. Mas, a nossa equipe manteve-se unida e conectada. Com uma boa defesa, conseguimos equilibrar o jogo e conquistamos uma importante vitória, dentro de casa. Agora é descansar para buscar mais um bom jogo.

A próxima partida da equipe será no sábado, dia 07/10, contra Cavigal Nice, na cidade de Nice, pela terceira rodada da Liga Nacional.

Na rodada de abertura, onde todas as equipes reuniram-se em Paris, para os primeiros confrontos, Flammes Carolo foi derrotado pela equipe Lattes Montpellier, por 73 a 83. Na partida, Clarissa atuou por 28 minutos, marcou sete pontos e recuperou seis rebotes.

- O primeiro jogo é sempre um pouco mais nervoso, com as equipes querendo mostrar muitas coisas. Nem sempre o que é proposto dá certo. Jogamos dentro do que o técnico pediu, na maior parte do tempo, mas nos detalhes, tivemos alguns erros e isto provocou nossa derrota. Ainda estamos no começo do trabalho, com peças novas se encaixando. O Campeonato é longo e estamos trabalhando para corrigir nossos erros.

Clarissa dos Santos, pivô brasileira, está de volta à França, desta vez para defender a equipe Flammes Carolo, atual vice-campeão da Copa da França. A nova equipe da brasileira, time da cidade de Charleville Mézières, irá disputar a Liga Francesa e a Euro Copa. 

segunda-feira, 2 de outubro de 2017

Pivô com passagem marcante pelo Brasil entra para o Hall da Fama da FIBA


Pivô de carreira longeva e produtiva e de personalidade marcante, a bósnia Razija Mujanovic entrou para o Hall da Fama da FIBA em cerimônia realizada nesse fim de semana (link aqui). Foi a única mulher indicada nesse ano.



Por alguns anos, Razija esteve no Brasil, sendo a passagem mais marcante na Microcamp/Campinas, ao lado das irmãs Paula e Branca (1996).

Chamava a atenção pela altura (2,02 m) e pelo número de jóias que usava na chegada ao Brasil.




Jogou nos maiores clubes da Europa, com cinco títulos continentais.



Chegou até a WNBA.


Em 2008, aos 41 anos, ainda estava em quadra quando percebeu que era o momento de parar.


sexta-feira, 29 de setembro de 2017

Érika é MVP na conquista da Supercopa contra time de Nádia




Avenida e Girona protagonizaram ontem a decisão da Supercopa.

Em jogo decidido no último minuto, deu Avenida pela sétima vez na história da competição, por 61 a 55.

O evento da pré-temporada deu destaque à performance das brasileiras.

Érika, do Avenida, teve 13 pontos e 8 rebotes e foi considerada a MVP.

Nádia foi a cestinha do Girona, com 12 pontos e 7 rebotes.


segunda-feira, 25 de setembro de 2017

CBB define comissão técnica da seleção sub-14

A diretoria da Confederação Brasileira de Basketball (CBB) anunciou, nesta segunda-feira (dia 25), no Rio de Janeiro (RJ), a comissão técnica das Seleções Brasileiras Sub-14 Masculina e Feminina, que irão disputar o ‘Campeonato Sul-Americano (FIBA South America – 2017)’.

Para comandar a equipe masculina a diretoria da CBB anunciou Thelma Guimarães, do Esporte Clube Pinheiros (SP), como técnica da seleção. Sua comissão traz os assistentes Calos Oliveira, do Santa Cruz Futebol Clube (PE) e Francisco Bandeira, do APAB Ipiranga (SC) e o gerente Renato Lamas. 

Pela feminina o nome é Vania Paulette, treinadora do A.D Centro Olímpico (SP). Na função de assistente, Fabianna Manfredi, do ADC Bradesco (SP), e Bruna Rodrigues, Vasto Verde Blumenau (SC) serão os reforços da comissão em quadra, e Adriana Santos como gerente de seleções. 

A competição masculina será realizada de 27 a 31 de outubro em Maturin, na Venezuela. Já a feminina acontece entre os dias 1 e 5 de novembro, em Popayan, na Colômbia. O Campeonato Sul-Americano Sub-14 serve como preparação para o Sul-Americano Sub-15 de 2018.

Joinville encerra participação no estadual de basquete feminino e cogita Liga Nacional



Após conquistarem a classificação no último jogo da 1ª fase, as meninas da Sociedade Ginástica de Joinville (SGJ) foram até Florianópolis disputar o quadrangular semifinal do Campeonato Catarinense de Basquete. Foram três jogos em três dias e, ao final, as joinvilenses terminaram na quarta posição do grupo.

Na sexta-feira (22), a equipe de Joinville estreou contra o Salesiano, de Itajaí. A partida não foi boa e elas acabaram derrotadas por 70 a 34. Porém, o sábado (23) trouxe a primeira vitória para Joinville. Encarando o Avaí, donas da casa, as meninas fizeram um jogo muito equilibrado, vencendo por 55 a 54.

No último dia de competições, o time ainda almejava uma vaga na fase final do estadual. Porém, a derrota por 62 a 48 para a equipe de Rio do Sul acabou com qualquer chance de classificação. No computo final, Joinville acabou o estadual na sexta posição, atrás de Blumenau e Chapecó, já previamente classificadas para a fase final. Salesiano e Rio do Sul, que garantiram participação no quadrangular decisivo, além do Avaí, quinto colocado, ficaram a frente das joinvilense na tabela.
Participação na Liga de Basquete Feminino

Técnico da equipe e responsável pelo basquete feminino na SGJ, Fabiano Borges nunca escondeu seu desejo de que a equipe de Joinville disputasse a Liga Nacional. Porém, ele afirmava que era um projeto de longo prazo e que o primordial em 2017 era consolidar a modalidade na cidade.

As coisas começaram a mudar quando a Liga de Basquete Feminino (LBF) organizou um evento para apresentar o projeto da entidade para a temporada 2018. A intenção da Liga era angariar novas equipes para a competição, que hoje conta com apenas seis participantes.

Fabiano esteve presente e, em entrevista ao site da LBF, se mostrou simpático a proposta. “As ideias da LBF viabilizam bastante a participação de novas equipes. O nosso projeto inicial era participar mais para a frente, mas conforme a gente vem conversando com a equipe da LBF, ficamos bem empolgados para buscar mais patrocínios. Temos uma rivalidade sadia com Blumenau e isso incentiva ainda mais a participação”, afirmou.

Para ingressar no campeonato, é preciso arrecadar R$ 400 mil até o dia 30 de outubro, prazo final determinado pela a Liga. Negociações com a prefeitura e com possíveis apoiadores já foram abertas. A princípio, o ginásio Abel Schulz serviria como sede dos jogos da equipe. O campeonato está previsto para começar no dia 8 de janeiro de 2018.

Fonte: O Mirante

domingo, 24 de setembro de 2017

Clarissa também volta às quadras

Também voltando de lesão e estreando em novo clube, Clarissa voltou às quadras no final de semana no torneio de Boé.

No sábado, foram 4 pontos e 9 rebotes na derrota para o Landes (58-49).

Hoje, na vitória sobre o Hainaut (88-63) foram 14 pontos.

Nádia volta às quadras com título



Ainda em recuperação após uma cirurgia na mão esqueda, a pivô Nádia já pode ajudar seu novo clube, o Girona, na conquista da Lliga Nacional Catalana.



Na vitória sobre o Sedis por 71 a 63, a brasileira teve 12 pontos e 5 rebotes.

Érika é cestinha na conquista da Copa Castilla y León



Érika foi a cestinha do atropelo do Avenida sobre Bembibre, por 76 a 37 na final da Copa Castilla y León.




Brasileiras jogam bem, mas perdem título da pré-temporada portuguesa

As jovens Raphaella Monteiro e Letícia Rodrigues começaram bem a trajetória com a camisa do Clube União Esportiva, em Portugal, mas acabaram caindo na final.

As duas foram destaques da equipe na disputa da Taça Victor Hugo, que abre a temporada local.

No final de semana, as equipes que participarão da Liga se enfrentaram em  Guifões em jogos na sexta e sábado com apenas dois quartos.

As duas equipes melhor qualificadas (Vagos e União) fizeram a final hoje, dessa vez em 40 minutos.

Deu Vagos, 59-56, selando a conquista da competição pela quinta vez em onze edições.

Raphaella foi cestinha do time na decisão, com 17 pontos. Está jogando como ala (oba!) e teve bastante facilidade nos jogos de sexta e sábado.

Letícia teve 12 pontos e 11 rebotes, mas esteve bem dispersa no ataque ao longo da competição.

sexta-feira, 22 de setembro de 2017

São Bernardo e Catanduva entram em quadra nesta sexta em busca de reabilitação



São Bernardo /Instituto Brazolin e Poty/Bax Catanduva entram em quadra nesta sexta-feira (22) pelo primeiro turno da fase de classificação do Campeonato Paulista da Divisão Especial Feminina. O jogo, marcado para às 20 horas, será disputado no ginásio Ubaldo Lago, o Baetinha (rua Bauru, 20 – Baeta Neves – São Bernardo do Campo. O time do ABC, comandado pelo experiente técnico Márcio Belliciéri, estreou com derrota para o São José, em São José dos Campos (90 a 58), enquanto que o time catanduvense, mesmo jogando em casa perdeu para o Santo André/Apaba (88 a 64).
Tendo como principal jogadora a armadora Joice Rodrigues, o time de São Bernardo quer aproveitar o fator casa para buscar uma vitória. Pelo menos é o que pensa o técnico Márcio Belliciéri. “Este jogo vai mostrar que as duas equipes não apresentaram seu potencial todo nas partidas de estreias. Catanduva tem um elenco novo e ter enfrentado o favorito ao título que é Santo André. São Bernardo por sua vez, conta com meninas do sub-19 e sabe da importância da liderança da Joice dentro da quadra, mas pelo pouco tempo que estão juntas, ainda falta um melhor entrosamento. Esperamos fazer um bom jogo, bem mais consistente que em São José, onde alternamos bastante bons e maus momentos. Com certeza esse segundo jogo contra Catanduva  vai mostrar um adversário tradicional e com atletas bastante experientes”, disse Belliciéri.
A armadora Joice Rodrigues, com experiência de ter defendido o Brasil em várias competições internacionais, foi o principal reforço do São Bernardo/Instituto Brazolin e garante que o jogo desta sexta-feira (22) será diferente da estreia contra o São José. “Acho que aquela ansiedade da estreia já passou, mas a tendência é um jogo duro, com a equipe de Catanduva aparecendo como favorita, mas temos que ter consciência que atuaremos em casa e teremos que jogar com ainda mais vontade. O nosso adversário vem de uma viagem para jogar a partida e temos que aproveita esse fator”, afirmou Joice.
No jogo em Catanduva, contra Santo André, o time da técnica Fernanda Hartwig bem que teve alguns bons momentos na partida, especialmente com Tatiana Conceição, que foi a cestinha da equipe com 18 pontos, mais 10 rebotes e três assistências. Outra jogadora que esteve bem contra Santo André foi Milena Santos, com 11 pontos, quatro rebotes e duas assistências. No jogo desta sexta-feira, a treinadora catanduvense espera um melhor rendimento defensivo e ofensivo para sair de São Bernardo do Campo com uma boa vitória.
Neste próximo domingo (24), às 20 horas, em Presidente Venceslau, o Basquete Venceslau quer aproveitar o fator casa para surpreender o atual campeão Santo André, embalado com duas vitórias seguidas.

Próximos jogos

Sexta-feira (22)
20 horas, em São Bernardo do Campo – São Bernardo x Poty /Bax Catanduva
Domingo (24)
20h00, em Presidente Venceslau – Basquete Venceslau x Santo André/APABA

                                    Classificação da Especial Feminina

Equipes                            jogos  vitórias derrotas
1)     – Santo André                    2         2            0
2)     – São José                          3         1            2
3)      - Basquete Venceslau       1         1            0
4)     – Poty/BAX Catanduva     1          0            1
5)     – São Bernardo                  1         0             1