sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

Armadora equatoriana Leyda Macías perto de estrear no Basquete Jaraguá

23JAN15-02 l Liga de Basquete Feminino l Leyda Macías © Henrique Porto (Agência Avante!) Na equipe de Jaraguá do Sul desde o início dos treinamentos, a armadora Leyda Susana Macías Burgos, da Seleção do Equador, está cada vez mais perto de estrear com a camisa roxa e branca. A atleta viajou para a Argentina na noite de quinta-feira, dia 22, atrás dos últimos documentos necessários para regularizar seu visto de trabalho no Brasil.

A expectativa de Mona, como é chamada pelas companheiras de time, é estrear ainda diante do São José (SP), neste sábado (24), às 18h, no Novo Arthur Müller. Porém, sua primeira participação com a camisa número 9 pode ficar para a partida de segunda-feira, às 20h, contra o Presidente Venceslau (SP).

Indiferente a isso, a armadora comentou sua expectativa com relação à estreia. “Estou muito feliz por começar a jogar com a equipe. Esperei muito por este momento e devo tudo a Deus”, desabafou. “Agora é começar a me concentrar, para ajudar o Jaraguá na busca por esta primeira vitória”, acrescentou.

Sobre o fato do time ainda não ter vencido na Liga de Basquete Feminino (LBF), Leyda acredita que é questão de tempo até o primeiro triunfo vir. “Creio que nossa equipe é muito jovem e isso faz com que, às vezes, passe uma falsa impressão de que não podemos fechar bem os jogos, vencendo. Mas, pouco a pouco vamos nos acertando e os resultados serão outros”, afirmou esperançosa.

Uma baixa e uma novidade no elenco jaraguaense para a LBF

22JAN15-01 l Liga de Basquete Feminino l Jaqueline da Silva © Arquivo Pessoal Mudanças no Jaraguá para a continuidade de Liga de Basquete Feminino (LBF). A pivô Aline Oestereich se lesionou durante o treinamento do último dia 11 e ficará fora do restante da temporada. Para o seu lugar chega Jaqueline da Silva, atleta que iniciou sua carreira em Joinville e estava jogando em Piracicaba (SP).

O caso de Aline requer uma cirurgia, fato que irá afastá-la das quadras entre seis e oito meses. “Torci durante um treino. Fiz a ressonância, que confirmou o que o Doutor Darian [Boccacio] havia dito. Houve um rompimento completo do ligamento cruzado anterior”, lamentou a atleta de 24 anos, que atuou por 2:31 minutos na competição, marcando um ponto na derrota para o América (PE).

Destaque do XV de Piracicaba na Série A2 do Campeonato Paulista, a também pivô Jaqueline da Silva já treina com o grupo desde ontem. Com 1,89 metros e 80 quilos, tem 23 anos e atua na posição ‘5’ (dentro do garrafão). A atleta disputou a primeira edição da LBF, em 2010, por Joinville, quando tinha apenas 19 anos. No ano passado atuou por Rio Claro (SP), ao lado da pivô Leidy e da ala Leila, novamente suas companheiras.

“Recebo com muita alegria essa nova oportunidade de disputar a principal competição do Brasil. E agora representando meu Estado também. Não estou 100% fisicamente, pois estava de férias, mas se o Julio precisar de mim, certamente vou dar o meu máximo”, adiantou a pivô.

“Vamos enviar os papéis o quanto antes, para tentar a liberação dela ainda para o jogo deste sábado, contra o São José”, informou o técnico Julio Patricio. E por falar no jogo de sábado, contra o atual terceiro colocado da competição, os ingressos estão a venda de forma antecipada em quatro locais: Pampas Grill, Balaroti, Usapeças e Verdureira Dimar.

ADCF Unimed busca reabilitação na LBF

patricia_chuca_adcf_unimed_2015_zaramelo_jr_jornal_o_jogo Em busca da reabilitação na Liga de Basquete Feminino (LBF 14/15), a ADCF Unimed viaja 595 km até Presidente Venceslau para enfrentar o time da casa, nesta sexta-feira (23), às 20 horas, no Ginásio da Uniesp. A delegação deixou Americana no início da tarde de hoje (22) e tem chegada em Venceslau prevista para as 22 horas, após aproximadamente 8 horas de viagem.

Com entorse no tornozelo esquerdo, a lateral Ariadna Felipe é dúvida para a partida. Ela seguiu com a delegação da Unimed e será avaliada na tarde de amanhã pela fisioterapeuta Andrea Formigoni. "Se o jogo fosse hoje, a Ariadna não teria condições, mas como ainda temos algumas sessões de fisioterapia pela frente, pode ser que possa ficar à disposição. Vou esperar até amanhã para definir", explicou Andrea.

O técnico Antônio Carlos Vendramini disse que caso Ariadna seja vetada para o jogo em Presidente Venceslau, a substituta será Patrícia Chuca. "A Chuca faz a mesma função da Ariadna e não haverá problema neste sentido", afirmou. "Taticamente, nossa equipe ainda está em formação. Continuamos treinando em ritmo bem forte, pois lá na frente esse trabalho pode ser o diferencial", acrescentou o técnico da Unimed.

No momento, a Unimed ocupa a vice-liderança da Liga com 13 pontos. Foram sete jogos até aqui, com seis vitórias e apenas uma derrota.

Maranhão Basquete consegue a recuperação na LBF – 2014/15 vencendo o “Clássico do Nordeste” diante do Sport em Recife

Sport_Maranhão

O Maranhão Basquete conseguiu a recuperação na Liga de Basquete Feminino (LBF)- 2014/15 ao derrotar o Sport Recife, nesta quinta-feira (22 de janeiro), por 68 a 62 (35 a 34 no primeiro tempo), mesmo atuando no ginásio Marcelino Lopes (Ilha do Retiro), em Recife (PE), no prosseguimento da quinta semana. Com a vitória no acirrado “Clássico do Nordeste”, o time maranhense chegou aos 12 pontos, em sete jogos realizados (05 vitórias e 02 derrotas), ocupando a terceira colocação na classificação geral.

O primeiro quarto começou equilibrado e em ritmo acelerado, com o time da casa na frente, porém, a equipe maranhense cresceu a partir da metade do período e fechou os dez minutos iniciais em vantagem (20 a 15). No segundo, o Sport Recife cresceu e igualou as ações, deixando a partida acirrada (15 a 19).

Na volta do intervalo, as duas equipes mantiveram o ritmo e seguiram lutando bastante em quadra. No final, assim como aconteceu no começo do jogo, o Maranhão Basquete desgarrou (20 a 15).

Nos dez minutos finais, a partida ficou ainda mais emocionante, com a equipe maranhense na frente e o representante pernambucano lutando muito para encostar. No final, o equilíbrio foi mantido e o Maranhão Basquete se valeu da experiência de suas principais jogadoras e da vantagem conquistada anteriormente para vencer (13 a 13).

Os nomes mais importantes da partida foram as norte-americanas Brandie Baker (15 pontos e 05 rebotes) e Erica Wheeler (14 pontos e 03 assistências), pelo time da casa; a norte-americana Matee Ajavon (16 pontos, 05 rebotes e 06 assistências), Iziane Castro (14 pontos) e Êga Garvão (14 pontos, 08 rebotes e 02 assistências), em favor do visitante.

“Sabíamos que o jogo seria difícil, pois o Sport Recife tem um grande elenco e conta sempre com apoio do seu torcedor, mas usamos bem a nossa experiência, fazendo a leitura correta das jogadas no momento decisivo. Com isso, vencemos um compromisso importante”, analisa Iziane Castro, do Maranhão Basquete.

“Sabíamos que seria um jogo duro e equilibrado, mas cometemos um número grande de erros no final e isso foi determinante para o resultado”, comenta a ala Laís Tobias, do Sport Recife.

A quinta semana segue nesta sexta-feira (23 de janeiro), com a partida isolada entre o ‘caçula’ Top Therm/Grupo Leonardi/Sicredi/Unimed/Presidente Venceslau e a ADCF Unimed/Americana, às 20h00 (de Brasília), no ginásio do Colégio Ideal, em Presidente Venceslau (SP).

Fonte: LBF

quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

Pivô Leidy vive a expectativa de estrear pelo Jaraguá na LBF

20JAN15-01 l Liga de Basquete Feminino l Leidy Ferreira © Henrique Porto (Agência Avante!)

Aos 23 anos, a pivô Leidilania da Silva Ferreira vive a expectativa de um recomeço em sua carreira. Contratada pela equipe de Jaraguá do Sul no fim de 2014, Leidy conta os dias para o retorno às quadras após passar por uma cirurgia no joelho quase um ano atrás.

Com 1,88m, 79kg, a ex-atleta de Rio Claro (SP) e das Seleções Brasileiras de base passou por derradeiros exames nesta semana. “O Doutor Darian [Boccacio] disse que já posso voltar aos treinos, gradativamente. Mas no jogo de sábado devo poder ajudar por pelo menos alguns minutinhos, para ir ganhando confiança”, adiantou.

Sobre o fato de ver a equipe realizando bons jogos, mas não conseguindo vencer, a pivô sente por não poder estar ajudando o grupo dentro de quadra. “É frustrante. Ver e não poder nem tentar ajudar. Mesmo que fosse para errar também”, afirmou.

Sua entrada na equipe vai ajudar a pivô cubana Yuli Cruz, atualmente a atleta que fica por mais tempo em quadra, com uma média de 32 minutos por partida. Lembrando que uma partida de basquete tem 40 minutos. “Jogo na posição 4, mais leve e aberto. Lá embaixo do garrafão é mais a Monica e Daphner que atuam, mas às vezes dou uma ‘enganada’ lá. Mas minha entrada ajudará nos treinos e nos jogos”, reconheceu.

“Estreia sempre é estreia, mas estou muito feliz. Agora está mais próxima do que nunca. Coisas boas que estão por vir, pois as ruins eu já superei”, concluiu. Enquanto isso, Leidy e a equipe seguem em preparação para encarar São José (sábado, às 18h) e Presidente Venceslau (segunda, às 20h) no Novo Arthur Müller, pelo encerramento do turno da Liga de Basquete Feminino (LBF).

Ingressos a preços promocionais para os próximos jogos do Jaraguá na LBF

A diretoria da Associação Jaraguaense de Pais e Amigos do Basquete, entidade mantenedora da equipe Basquete Jaraguá, definiu o valor dos ingressos para as partidas contra os paulistas São José e Presidente Venceslau, pelo fechamento do turno da Liga de Basquete Feminino (LBF).

E pensando em lotar novamente o Novo Arthur Müller, impulsionando as meninas de Jaraguá do Sul atrás da primeira vitória na competição, os diretores optaram por reduzir pela metade o valor cobrado. Os ingressos ao preço promocional de R$ 5 (cinco reais) por partida começam a ser vendidos já nesta quarta-feira, dia 21, em quatro locais.

Os pontos de venda são os patrocinadores Pampas Grill (anexo ao Supermercado Angeloni), Balaroti Materiais de Construção (o lado do Novo Arthur Müller) e Usapeças (no bairro Barra do Rio Cerro), além da Verdureira Dimar (na BR 280, no bairro Água Verde). Também haverá venda momentos antes da bola quicar, porém se ainda existirem ingressos disponíveis, uma vez que o ginásio tem uma limitação de 1.000 lugares.

A partida contra São José (atual 3º colocado) acontece neste sábado, dia 24, a partir das 18h. Já o encontro com o Presidente Venceslau (atualmente na 6ª colocação) está agendado para segunda-feira, dia 26, às 20h.

Segundo Giovane Schmauch, presidente do Basquete Jaraguá, 50% da renda arrecadada nos dois jogos será revertida para a Paróquia Nossa Senhora do Rosário, do bairro Nereu Ramos. O objetivo da entidade é que o valor repassado seja utilizado no processo de beatificação do Padre Aloísio Sebastião Boeing, que atualmente tramita junto ao Vaticano.

terça-feira, 20 de janeiro de 2015

São José, Sport Recife e Presidente Venceslau vencem na abertura da quinta semana da LBF – 2014/15

O São José/Colinas Shopping manteve o momento favorável na Liga de Basquete Feminino (LBF) – 2014/15 ao derrotar o Maranhão Basquete, nesta segunda-feira (19 de janeiro), mesmo atuando no ginásio Castelinho, em São Luís (MA), por 55 a 48 (21 a 21 no primeiro tempo), na abertura da quinta semana. O jogo foi bastante disputado, com a equipe paulista desgarrando no marcador apenas no quarto final.
As atletas mais efetivas foram Iziane Castro (17 pontos e 05 rebotes), a norte-americana Matee Ajavon (11 pontos e 04 rebotes) e Graziane de Moraes (11 pontos e 08 rebotes), pelo time maranhense; Joice Coelho (09 pontos), Isabela Ramona (09 pontos e 01 assistência), Karen Rocha (08 pontos) e Débora da Costa (08 pontos e 04 rebotes), em favor da equipe joseense.
“O jogo foi muito igual, durante o tempo todo, com as duas equipes ainda sem o ritmo ideal. Tivemos um pouquinho de felicidade nas bolas de três pontos e depois conseguimos manter, por isso, estou muito satisfeito em conquistar esta vitória fora de casa”, comenta o técnico Carlos Lima, do São José/Colinas Shopping.
Com este resultado, os dois times dividem a terceira colocação na classificação geral, com dez pontos, em seis jogos realizados (04 vitórias e 02 derrotas).
Sport Barretos 02 225x300 São José, Sport Recife e Presidente Venceslau vencem na abertura da quinta semana da LBF – 2014/15
Para Rildo Accioly, o jogo valeu pelo resultado
O Sport Recife conseguiu a recuperação ao derrotar a APAB/Unifeb Barretos, por 60 a 41 (26 a 13 no primeiro tempo), em duelo realizado no ginásio Marcelino Lopes (Ilha do Retiro), na cidade de Recife (PE). O time pernambucano esteve sempre na frente, com vantagens pequenas, exceto no segundo quarto, quando o ‘caçula’ de Barretos foi mal ofensivamente e a equipe da casa aproveitou para abrir a diferença.
Os principais nomes foram as norte-americanas Brandie Baker (19 pontos, 08 rebotes e 02 assistências) e Toluwani Omotola (14 pontos), pelo Rubro Negro; Maila Cicciardi (14 pontos e 02 assistências) e a norte-americana Chloe Wells (12 pontos e 06 rebotes), em favor da equipe de Barretos.
“Hoje valeu pela vitória, simplesmente isso, pois não fizemos um bom jogo. Mas, prefiro que o time não jogue em seu máximo e vença, do que ocorra o contrário”, analisa o técnico Rildo Aciolly, do Sport Recife.
Com o resultado positivo, o Sport Recife chegou aos dez pontos, em sete partidas disputadas (03 vitórias e 04 derrotas), aparecendo na quinta colocação. A APAB/Unifeb Barretos ocupa o sexto lugar, com nove pontos, em seis jogos realizados (03 vitórias e 03 derrotas).
E, fechando a jornada, o Top Therm/Grupo Leonardi/Sicredi/Unimed/Presidente Venceslau também conseguiu a reabilitação ao suplantar o Brasília/BasqueteVizi, mesmo atuando no ginásio do Clube da Vizinhança, em Brasília (DF), por 80 a 52 (47 a 29 no primeiro tempo). Os destaques foram Fran Nascimento (12 pontos, 10 rebotes e 01 assistência – double-double) e Cacá Martins (11 pontos e 02 assistências), pelo time do Distrito Federal; Mariana Camargo (30 pontos) e Jeanne Moraes (18 pontos), em favor da equipe paulista.
020 300x169 São José, Sport Recife e Presidente Venceslau vencem na abertura da quinta semana da LBF – 2014/15

Com a vitória, o time dirigido pelo técnico Flavio Prado aparece na oitava colocação, somando nove pontos, em sete partidas realizadas (02 vitórias e 05 derrotas). O Brasília/BasqueteVizi aparece na nona colocação com sete pontos, em seis jogos disputados (01 vitória e 05 derrotas).
A quinta semana da Liga de Basquete Feminino (LBF) – 2014/15 tem sequencia na quarta-feira (21 de janeiro), com a partida isolada entre Uninassau/América e APAB/Unifeb Barretos, às 20h30 (de Brasília), em Recife (PE).
Patrocinador Oficial: Bombril
Parceiros: Èrrea e Wilson
Parceiros Oficiais de Mídia: SporTV e Globo
Chancela: Confederação Brasileira de Basketball (CBB)
Fotos: Paulo de Tarso Jr./Maranhão Basquete, Ayrton Vale/Maranhão Basquete, Divulgação/Sport Recife e Divulgação

Brasilia é derrotado dentro de casa pelo Presidente Venceslau

O Vizinhança acumulou ontem mais uma derrota na Liga Nacional de Basquete feminino. Em casa, o representante do Distrito Federal na competição não foi páreo para o Presidente Venceslau e perdeu a partida pelo placar dilatado de 80 x 52. Fran foi a cestinha do time candango com 12 pontos. Pelos visitantes, Mariana fez a diferença com 30 pontos.

Fonte: Diario de Pernambuco

Apesar das dificuldades, Sport bate o Barretos e confirma terceira vitória na LBF

O Sport chegou à terceira vitória na Liga de Basquete Feminino. A partida contra a equipe do Barretos,que aconteceu na noite desta segunda-feira, na quadra do Ginásio Marcelino Lopes, na Ilha do Retiro, foi nivelada, mas o Leão conseguiu e sobressair. O jogo correspondeu a situação dos dois times, que antes de se enfrentarem dividiam a quinta colocação na tabela. As pernambucanas tinham apenas uma vitória a mais que as paulistas. Antes do duelo, o treinador rubro-negro Rildo Accioly avisou que se o Sport ainda quisesse continuar sonhando com algo na LBF não podia ter outro resultado neste jogo que não fosse a vitória. Missão cumprida. A vitória pelo placar de 67 a 41 teve parciais de 10 a 9, 16 a 4, 19 a 18 e 22 a 10.

Foi um jogo com muitos erros e desperdício de oportunidades pelas duas equipes. Venceu quem errou menos.O primeiro quarto teve todos os sinais de que seria uma partida quase de igual para igual, com uma pequena vantagem rubro-negra. O Sport tornou-se um pouco mais superior no decorrer do segundo período, quando conseguiu abrir maior diferença na pontuação. Marcaram 16 pontos, enquanto a equipe de Barretos só conseguiu anotar quatro pontos. Ao abrir a vantagem, as rubro-negras cresceram e pressionaram as adversárias, sempre empurradas pelos gritos dos torcedores que, apesar de um público modesto, compareceram ao ginásio.

As paulistas tentaram reagir. Marcaram 18 pontos, contra 19 das pernambucanas, no terceiro período, mas a vantagem das donas da casa, no placar geral, já era de mais de 10 pontos. A “gordurinha” que o Sport construiu nos primeiros tempos fez diferença na reta final. O time de Barretos cresceu e pressionou. A qualidade individual dos reforços gringos do Sport ainda prevalece, mas o time começa a apresentar mais coletividade. O técnico do Sport alertou que a atuação da sua equipe ainda não foi satisfatória e que é preciso controlar a ansiedade das atletas.

Fonte: Diario de Pernambuco

sábado, 17 de janeiro de 2015

Baixa em Brasilia

Uma pessima noticia para a liga e para o time de Brasilia: a ala Micaela Jacintho rompeu o tendão patelar e compromete sua participação no restante do cameponato.

Ao lado de Fran, Kaé era o ponto de equlibrio e experiência para o jovem, grupo candango, que ocupa atualmente o 10.° lugar na tabela (5 derrotas e 1 vitoria). Micaela vinha jogando 37.16 min por jogo com média de 9,2 pts .


O Blog do Basquete Feminino deseja uma rápida recuperação a atleta.

Uninassau/América e Americana fazem duelo de invictos na Liga de Basquete Feminino

Que o basquete é um esporte onde as “zebras” não passeiam já está bem comprovado. Mas quando a partida é entre duas equipes que estão invictas na competição e  brigando pela liderança do torneio? A resposta é um jogo acirrado. Que acontece neste domingo, na quadra do Ginásio Wilson Campos, no Sesc Santo Amaro, às 10h da manhã, entre Uninassau/America e ADCF Unimed/Americana, válido pela Liga de Basquete Feminino. E quem sair vencedor, assume o primeiro lugar na classificação.



Apesar de o América ser o “caçula” da Liga, as duas equipes já se conhecem bem. Ano passado, quando as alviverdes vestiam camisas rubro-negras, enfrentaram as paulistas na final - e ficaram com o vice-campeonato. Pouca coisa mudou no time paulista entre as duas temporadas. Ao mesmo tempo que o treinador alviverde, Roberto Dornelas,  ressalta o lado bom de conhecer as adversárias, ele lembra que em compensação elas estão mais entrosadas. A equipe de Americana teve reforços nas laterais, inclusive de Palmira, que jogava na equipe comandada por Dornelas no Sport.

Na tabela de classificação, o América aparece atrás de Americana porque as paulistas tem um jogo a mais. Enfrentaram e venceram o Sport, por 78 a 68, na última sexta-feira, na Ilha do Retiro. Se o América vencer a partida deste domingo, para assumir a liderança precisará marcar muitas cestas e ficar com o saldo de pontos maior, que é o critério de desempate. 

Para assistir ao jogo basta levar 1kg de alimento não perecível.

Fonte: Diario de Pernambuco

Torcida empurra, Sport joga bem, mas equipe do Americana vence sexta partida consecutiva

Foi quase. E por pouco. Mas o Sport não conseguiu a terceira vitória consecutiva na LBF. Revivendo as decisões de 2013 e 2014, o clima no ginásio Marcelino Lopes foi bem parecido ao das finais realizadas entre as duas equipes. A torcida compareceu em bom número e empurrou as leoas durante os quatro períodos. Porém, o favoritismo do Americana foi confirmado e as paulistas venceram por 78 a 68. 



Vivendo momentos diferentes, as equipes entraram em quadra em uma partida que prometia ser um duelo entre Davi e Golias. O Americana chegava como favorito e invicto na competição, enquanto o Sport começava a virar a maré após duas vitórias em cinco jogos. A partida foi disputada até o fim e as leoas chegaram a ficar apenas dois pontos atrás no placar, mas o time de Antônio Carlos Vendramini confirmou o seu favoritismo, abriu vantagem no último período e saiu vencedor.

O destaque da partida foi a armadora Erica Wheeler, que foi a cestinha da partida com 31 pontos, mas insuficientes para bater as atuais campeãs. Ao menos o Sport demonstrou que está em plena evolução e o técnico Rildo Accioly espera incomodar as equipes de cima da tabela.

“O jogo de hoje mostra que realmente vamos incomodar. Pegamos as campeãs brasileiras e demos um calor enorme nelas.”, disse o técnico do Leão, que completou. "Nosso campeonato, por enquanto, é outro. Atualmente, Americana e América estão em outro estágio. Podemos chegar lá, mas temos que ter os pés no chão para não atropelarmos o processo. Passo a passo vamos crescendo na competição", afirmou Rildo.

As equipes do Sport e de Americana não terão muito tempo para descansar, já que a competição continua a todo vapor. O Americana visita o América no Sesc Santo Amaro neste domingo às 11h, enquanto o Sport recebe o Barretos às 19h na segunda-feira.


Fonte: Diario de Pernambuco

quarta-feira, 14 de janeiro de 2015

Atleta Ex-Mangueira reforça América no sub-21

Veja a matéria: aqui!

Time feminino de São José treina ao meio-dia no Lineu de Moura e segue sem ginásio para jogar na LBF. Até quando?

Matéria de O Vale: Time de basquete feminino busca um 'novo lar'

SPORTV enfim promete transmitir um jogo da LBF – Sábado (11h): Santo André x Jaraguá

13JAN15-03 l Liga de Basquete Feminino l Americana x Jaraguá © Sanderson Barbarini (Foco no Esporte)

Em jogo movimentado, realizado na noite desta terça-feira (dia 13) em Americana (SP), o Jaraguá foi superado pela equipe da casa, atual campeã nacional, em partida válida pela quinta rodada da Liga de Basquete Feminino (LBF). E o torcedor compareceu em grande número ao Centro Cívico para acompanhar o triunfo das agora líderes da competição, por 94 a 62 (45 a 23 no primeiro tempo).

O destaque da equipe de Jaraguá do Sul na partida foi a ala/armadora argentina Sthefany Thomas, que marcou 14 pontos, pegou cinco rebotes e deu duas assistências. Com 13 pontos e seis rebotes, a pivô cubana Yuli Cruz também se destacou, assim como a ala Leila Zabani, que chegou aos 10 pontos.

Depois de um bom primeiro quarto, que terminou em 24 a 17 para as donas da casa, o Jaraguá foi muito mal no segundo, quando pontuou apenas seis vezes. As garotas voltaram a jogar bem no terceiro quarto, que terminou 24 a 21 para Americana. No quarto final, com várias atletas da base jaraguaense em quadra, as paulistas marcaram 25 a 18.

Apesar da nova derrota, o técnico Julio Patricio gostou da personalidade da equipe, especialmente nos dois quartos finais. “Existe uma mescla de fatores que culminam em muitos erros nos jogos, que estamos tentando diminuir. Algumas meninas ainda não estão rendendo o que deveriam, mas eu vejo que a equipe evoluiu hoje. O comportamento foi melhor em quadra nos quartos finais”, analisou.

A equipe volta à quadra nesta quinta-feira, dia 15, às 20h, em Barretos. Lá terá pela frente o time da casa, um adversário direto nas pretensões do Jaraguá em avançar aos ‘playoffs’ da LBF ainda em sua temporada de estreia. Para esta partida, Patricio segue com os desfalques da pivô Leidy (que deve estrear apenas no returno) e da armadora equatoriana Leyda (que busca regularizar seu visto de trabalho).

Também nesta terça-feira, a diretoria da equipe foi comunicada que a partida contra o Santo André (SP), no sábado (17), foi antecipada das 18h para às 11h. O motivo é o televisionamento pelo canal pago Sportv. O encontro acontece no Ginásio Pedro Dell'Antônia, no ABC Paulista.

ADCF Unimed vence Jaraguá e mantem 100% na Liga

Palmira foi a cestinha do jogo com 19 pontos - Foto Zaramelo Jr

A ADCF Unimed venceu Jaraguá por 94 a 62 (parcial de 45 a 23), na noite desta terça-feira (12), no Ginásio de Esportes Mario Antonucci, no complexo do Centro Cívico, em jogo da Liga de Basquete Feminino (LBF). Foi a quinta vitória consecutiva da equipe de Americana, que mantem a liderança do campeonato com índice de 100% de aproveitamento.

“Tivemos alguns momentos de desconcentração, o que é natural quando a equipe consegue abrir boa vantagem, mas o importante foi ter feito a lição de casa. Tenho certeza que o torcedor, que mais uma vez compareceu em grande número, ficou feliz”, disse o técnico da ADCF Unimed, Antônio Carlos Vendramini.

A ADCF Unimed venceu todos os quartos (24/17, 21/6, 24/21 e 25/18) e os destaques foram a lateral Palmira Marçal, cestinha do jogo com 19 pontos – 15 deles em chutes de 3 - e a pivô Clarissa Santos, com 18 pontos e 16 rebotes (8 de ataque e 8 de defesa). Também tiveram pontuação importante a lateral Ariadna Felipe (15) e as pivôs Gil Justino (13) e Damiris Dantas (12).

Na sequência da Liga, a ADCF Unimed fará cinco jogos seguidos fora de Americana. Os dois primeiros serão em Recife. Na sexta-feira (16), a equipe de Americana enfrenta o Sport e no domingo (18), encara o América. A delegação viaja para a capital de Pernambuco na manhã de quinta-feira (15).

terça-feira, 13 de janeiro de 2015

Maranhão terá estreia da cubana Gelis contra o Brasília

Gelis-300x267 O Maranhão Basquete intensificou os treinos nos últimos dias visando à partida desta quarta-feira (14 de janeiro) contra o Brasília/BasqueteVizi, no ginásio Clube Vizinhança, em Brasília (DF). A partida, além de marcar o retorno do time maranhense após o recesso de fim de ano, também é bastante aguardada pela estreia da armadora cubana Oyanasis Gelis.

Reforço do MB para a disputa da Liga de Basquete Feminino (LBF) –2014/15, Oyanasis Gelis não atuou com time maranhense nas três primeiras partidas. A cubana só pôde desembarcar em São Luís (MA) nos últimos dias de dezembro de 2014 e, assim que chegou, já foi integrada à equipe comandada pela também cubana Lisdeivi Pompa.

Mesmo se poder contar com Oyanasis Gelis nos primeiros jogos do torneio nacional, o Maranhão Basquete teve boas atuações nesta edição da LBF. Na estreia, em casa, o MB superou o Basquete Jaraguá por 66 a 58. Nos jogos seguintes, o time atuou fora: contra o APAB/Unifeb Barretos, vitória por 74 a 65; contra a ADCF Unimed/Americana o Maranhão Basquete conheceu sua primeira derrota neste campeonato: 84 a 71.

O Maranhão Basquete ocupa a quinta posição com cinco pontos e com dois jogos a menos que o Uninassau/América, líder do certame. No entanto, caso consiga seu terceiro triunfo, o time maranhense assumirá a terceira colocação na tabela ao lado do Sport Recife que soma sete pontos e tem duas partidas a mais que o time maranhense.

Após o duelo desta quarta-feira fora de casa, o Maranhão Basquete se reencontrará com sua torcida em São Luís. No sábado (17 de janeiro), o time comandado pela técnica Lisdivi Pompa recebe o Top Therm/Grupo Leonardi/Sicredi/Unimed/Presidente Venceslau às 18h00 (horário de Brasília). Na segunda-feira (19 de janeiro), a equipe maranhense enfrentará o São José/Colinas Shopping às 20h00 (horário de Brasília). As duas partidas ocorrerão no ginásio Castelinho, em São Luís (MA).

Em evolução, Jaraguá parte para três desafios fora de casa na LBF

12JAN15-01 l Liga de Basquete Feminino l Leila Zabani © Henrique Porto (Agência Avante!)

A primeira vitória não veio, mas os números deixam claro a evolução de Jaraguá na Liga de Basquete Feminino (LBF). Se na primeira partida, apenas 7% dos pontos foram anotados por atletas que entraram no decorrer do jogo (pontos do banco), na última – contra o América (PE) – esse percentual alcançou 42%. Antes havia crescido para 19% (contra Brasília) e 24% (frente o Sport).

“Os pontos que vêm no banco nos deixam felizes, pois são as meninas mais novas ajudando e buscando melhorar o desempenho da equipe”, analisou o técnico Julio Patricio. “Existe sim uma evolução e conversei bastante com elas com relação à atitude na quadra, de não baixar a cabeça e continuar jogando forte sempre”, adiantou.

E para consolidar essa crescente, o único representante da região Sul do Brasil na disputa realiza três jogos no interior de São Paulo no decorrer desta semana, com a expectativa de voltar para casa com a primeira vitória na bagagem. Os jogos serão respectivamente contra o Americana (atual campeão nacional, terça, dia 13, às 20h), o Barretos (quinta, dia 15, às 20h) e Santo André (sábado, dia 17, às 18h).

“É boa essa sequência de jogos para a evolução da equipe, mas também nos tira tempo de treino. Estamos pagando o preço por não ter começado antes, tendo que evoluir dentro da competição”, lamentou Patricio. “Serão três jogos importantíssimos. Americana é mais um favorito ao título. Barretos é uma equipe jovem como a nossa. Já Santo André está fazendo bons jogos com equipes que nós também fomos bem”, ponderou.

Americana e Jaraguá pode ser acompanhado através das estatísticas do site da LBF (www.ligadebasquetefeminino.com.br) ou pela rádio Esporte Web (www.radioesporteweb.com.br). Será o reencontro das atletas Leila Zabani e Izabella Sangalli com seu ex-clube. “Comecei a jogar basquete lá e vou voltar para a quadra onde praticamente joguei minha vida toda. Lá eu estou em casa”, reconheceu a ala Leila, que pela primeira vez atuará como adversária no Centro Cívico.

Patricio segue com dois desfalques na equipe: a pivô Leidy (que deve estrear apenas no returno) e a armadora equatoriana Leyda (que busca regularizar seu visto de trabalho). Também deve poupar a armadora argentina Sthefany Thomas, já pensando na partida contra Barretos, um jogo-chave para as pretensões jaraguaenses em chegar aos ‘playoffs’ ainda nesta temporada de estreia.

Sobre a campanha da equipe, Leila adianta que o grupo vai atrás da recuperação nesses três jogos. “Não é para a gente se acostumar com essa situação. Estamos trabalhando para vir uma vitória logo e queremos principalmente vencer dentro de casa, para essa torcida que tem comparecido e apoiado muito nosso time”, afirmou a atleta.

Barretos vence a segunda na LBF

Vanceslau_Barretos_02

A APAB/Unifeb Barretos derrotou o Top Therm/Grupo Leonardi/Sicredi/Unimed/Presidente Venceslau, nesta segunda-feira (12 de janeiro), por 60 a 54 (22 a 23 no primeiro tempo), em duelo realizado no ginásio da Uniesp, na cidade de Presidente Venceslau (SP), na sequencia da quarta semana da Liga de Basquete Feminino (LBF) – 2014/15. O jogo reuniu duas equipes ‘caçulas’.

O primeiro quarto foi marcado pela produção parecida dos dois times, que foram praticamente iguais em erros e acertos, com a equipe da casa levando ligeira vantagem (13 a 14). No segundo, o panorama seguiu igual, com as equipes se alternando no comando do marcador e o time da casa se mantendo à frente, com vantagem mínima (09 a 09).

Na volta do intervalo, o representante de Barretos esteve melhor, conseguindo a virada e chegando a estar sete pontos na frente, contudo, a equipe de Presidente Venceslau se recuperou e cresceu na parte final, fazendo a diferença cair para apenas um ponto (16 a 14). Nos dez minutos finais, o time visitante manteve o bom momento e passou a comandar o placar, mantendo em seu poder até o final (22 a 17).

Os principais nomes da partida foram Silvinha Gustavo (14 pontos, 04 rebotes e 01 assistência), Kika Simões (13 pontos e 05 rebotes) e a argentina Sandra Pavon (11 pontos), pelo time da casa; a norte-americana Chloe Wells (16 pontos, 05 rebotes e 02 assistências), Emily da Silva (14 pontos e 04 rebotes) e Maila Cicciardi (10 pontos e 04 assistências), em favor do visitante.

“As nossas jogadoras, que são jovens, assumiram uma postura de personalidade e demonstraram maturidade neste jogo muito difícil, que teve alternâncias no comando do marcador e elas não se abateram com isso, sabendo lidar com esse momento. No final, conseguimos trabalhar bem a bola, escolhendo o melhor momento para finalizar e chegamos a uma vitória muito importante, contra um adversário amplamente qualificado”, analisa o técnico Alexandre Escame, da APAB/Unifeb Barretos.

“Vitória importante, jogo a jogo estamos evoluindo dentro da competição. Vitória para enaltecer a equipe e o trabalho que vem sendo realizado”, acrescenta a pivô Bárbara de Souza, também, do time de Barretos.

Com a vitória, a APAB/Unifeb Barretos chegou aos seis pontos, em quatro jogos realizados (02 vitórias e 02 derrotas), dividindo a quarta colocação com o São José/Colinas Shopping. Já o Top Therm/Grupo Leonardi/Sicredi/Unimed/Presidente Venceslau aparece no sétimo lugar, junto com o Basketball Santo André/APABA, somando cinco pontos, em quatro partidas disputadas (01 vitória e 03 derrotas).

Seletiva em Valinhos

image-12-01-15-23%3A40

segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

Peneira_Jaboticabal

Americana e América mantém invencibilidade. Sport Recife vence a segunda na LBF – 2014/15

Americana_Brasilia

A ADCF Unimed/Americana manteve a invencibilidade na Liga de Basquete Feminino (LBF) – 2014/15 ao derrotar o Brasília/BasqueteVizi, na noite desta sexta-feira (09 de janeiro), por 90 a 59 (39 a 27 no primeiro tempo), em duelo realizado no ginásio Centro Cívico, na cidade de Americana (SP), no complemento da terceira semana. O púbico compareceu em bom número para apoiar o time da casa, que é o atual campeão da competição nacional.

A equipe mandante encontrou um pouco de resistência apenas nos minutos iniciais, depois conseguiu comandar o marcador, fazendo a diferença crescer gradativamente, usando a força do seu elenco, mesmo sem contar com a pivô Damiris do Amaral, com dores lombares. “Não atuamos dentro do nosso melhor ritmo, pois fizemos uma sequencia grande de treinos físicos, visando a sequencia da competição e sentimos um pouco, mas conseguimos nos impor no jogo e vencer”, comenta a ala/armadora Karla Costa, do time de Americana.

As atletas mais efetivas foram Gil Justino (25 pontos, 07 rebotes e 02 assistências) e Clarissa dos Santos (20 pontos, 13 rebotes e 05 assistências –double-double), pelo time paulista; Cacá Martins (20 pontos e 01 assistência) e Fran Nascimento (13 pontos, 07 rebotes e 04 assistências), em favor da equipe do Distrito Federal.

09JAN15-05-l-Basquete-l-Liga-de-Basquete-Feminino-l-Jaraguá-x-América-©-Henrique-Porto-Agência-Avante

O Uninassau/América, mesmo desfalcado das atletas Tatiane Pacheco e Adrianinha Moisés, também manteve o 100% de aproveitamento no campeonato ao derrotar o Basquete Jaraguá, por 93 a 55 (52 a 27 no primeiro tempo), atuando no ginásio Novo Arthur Muller, na cidade de Jaraguá do Sul (SC), que contou mais uma vez com um grande número de torcedores. Os principais nomes do duelo dos ‘caçulas’ foram Beatriz (13 pontos) e Firmino (12 pontos), pelo time catarinense; as norte-americanas Tiffany Hayes (21 pontos e 06 assistências) e Tamera Young (17 pontos e 02 assistências), em favor da equipe pernambucana.

“Entramos muito bem na partida e finalmente acertamos na defesa. Tiffany, Young e Tainá Paixão fizeram uma partida excepcional, Sandora mais uma vez se destacou, anulando as jogadoras do Jaraguá, Iza Andrade entrou muito bem no jogo e Erika e Nádia foram soberanas no garrafão. Voltamos para Recife neste sábado (10 de janeiro), com foco total no Americana”, comenta o técnico Roberto Dornelas, do Uninassau/América.

SantoAndre_Sport

E, fechando a rodada, o Sport Recife deu prosseguimento ao bom momento ao derrotar o Basketball Santo André/APABA, por 83 x 75 (46 a 31 no primeiro tempo), em partida disputada no ginásio Municipal Pedro Dell’Antonnia, na cidade de Santo André (SP). As cestinhas foram Tassia Carcavalli (19 pontos, 02 rebotes e 08 assistências) e Carina Felippus (17 pontos, 06 rebotes e 03 assistências), pelo time do Grande ABC; as norte-americanas Erica Wheller (26 pontos, 02 rebotes e 04 assistências) e Brandie Baker (23 pontos, 13 rebotes e 02 assistências – double-double), em favor da agremiação pernambucana.

A quarta semana da Liga de Basquete Feminino (LBF) – 2014/15 será aberta na segunda-feira (12 de janeiro), com a partida isolada entre Top Therm/Grupo Leonardi/Sicredi/Unimed/Presidente Venceslau e APAB/Unifeb Barretos, às 20h00 (de Brasília), em Presidente Venceslau (SP).

Projeto Roseli de Basquete planeja crescimento em 2015

DSC04655 DSC04640

No último mês de novembro o Projeto Roseli de Basquete encerrou as atividades do ano de 2014, o Projeto que existe há seis anos e tem um caráter social e esportivo, é realizado para somente meninas de 9 a 15 anos e foi idealizado pela campeã mundial Roseli do Carmo Gustavo, através do ex vereador Carlos Nascimento o projeto foi levado a câmara dos vereadores e aprovado para realização do mesmo.

Com a coordenação dos professores Gilberto Paganini Marin e Roseli Gustavo o projeto obteve sucesso até 2013 com o incentivo da Secretária de Esportes de Araraquara e a Fundesport, mas neste último ano o projeto obteve um salto de qualidade quando obteve a aprovação da lei de incentivo ao esporte do governo federal, o projeto conseguiu o suporte jurídico da LEFEMARA para realização junto ao governo federal e assim receber toda a verba da Empresa Lupo que apoio o projeto.

Com a verba a projeto pode ampliar o número de polos e de meninas atendidas na cidade. Ao todo foram atendidas durante o ano aproximadamente 220 meninas, todas receberam uniforme completo para todas as atividades que eram realizadas duas vezes na semana em escolas municipais, estaduais e também da Adpm de Araraquara. No mês de novembro foi realizado o festival de encerramento das atividades no Clube da Adpm, o festival contou com o apoio da Fundesport, Tim e Supermercado Extra, as meninas receberam lanches e efetuaram atividades durante uma manhã toda. Além das atividades rotineiras do projeto as meninas puderam durante o ano participar da Copa Chalu Sesc de Basquete realizada a vários anos na cidade, obtiveram destaques em suas participações gerando os primeiros talentos desse maravilhoso projeto.

O projeto tem trabalhando em suas atividades os professores Roseli Gustavo, Gilberto Marin, André Carrascoza e Tais Oliveira.
Para 2015 o Projeto Roseli de Basquete volta suas atividades em fevereiro e solicita apoio de novas empresas para ampliar suas atividades.

O Projeto Roseli agradece o apoio da Fundesport, Secretária de Esporte, Lefemara, Lupo e todos envolvidos no mesmo durante todo ano, que 2015 seja um ano de mais conquistas para as meninas da cidade de Araraquara.

sexta-feira, 9 de janeiro de 2015

Barretos e Sport Recife vencem a primeira na Liga de Basquete Feminino (LBF)

Jaragua_Sport_01

A terceira semana da Liga de Basquete Feminino (LBF) – 2014/15 foi aberta na noite desta quarta-feira (07 de janeiro), com a realização de três partidas. O Sport Recife e a APAB/Unifeb Barretos venceram a primeira, enquanto que o Uninassau/América manteve a invencibilidade.

O Sport Recife alcançou o primeiro resultado positivo na competição ao suplantar o Basquete Jaraguá, mesmo jogando no ginásio Novo Arthur Müller, na cidade de Jaraguá do Sul (SC), por 79 a 72 (34 a 32 no primeiro tempo), com muita emoção. As atletas mais efetivas foram a argentina Sthefany Thomas, 21 pontos, e Leila Zabani, 14 pontos, pelo time da casa, a norte-americana Erica Wheeler, 21 pontos, e Milena Santos, 15 pontos, em favor do visitante.

O torcedor catarinense compareceu em grande número e deu um show a parte nas arquibancadas, mesmo com o resultado negativo do time da casa. Já o técnico Rildo Accioly não pôde estar presente ao jogo, em virtude de problemas particulares, por isso, a equipe pernambucana foi comandada pelo assistente técnico Alemão.

O ‘caçula’ APAB/Unifeb Barretos também conquistou a primeira vitória no campeonato ao suplantar o Brasília/BasqueteVizi, também em duelo emocionante, por 77 a 67 (31 a 33 no primeiro tempo), atuando no ginásio João Batista da Rocha, na cidade de Barretos (SP). As cestinhas foram a norte-americana Chloe Wells, 27 pontos, e Bárbara Souza, 21 pontos, pela equipe paulista; Fran Nascimento, 21 pontos, e Kananda Benedicto, 13 pontos, em favor da agremiação do Distrito Federal.

Fechando a rodada, o ‘caçula’ Uninassau/América manteve o 100% de aproveitamento e se isolou na primeira colocação do campeonato ao derrotar o Basquetebol Santo André/APABA, mesmo atuando no ginásio Municipal Pedro Dell’Antonnia, na cidade de Santo André (SP), por 72 a 53 (40 a 35 no primeiro tempo). As principais pontuadoras foram Tassia Carcavalli, 20 pontos, e Carina Felippus, 11 pontos, pela equipe do Grande ABC; as norte-americanas Tiffany Hayes, 31 pontos, e Tamera Young, com 17 pontos, em favor da agremiação pernambucana.

Com a vitória, o time comandado pelo técnico Roberto Dornelas chegou aos oito pontos, decorrentes de quatro resultados positivos.

“Foi tudo dentro do que a gente havia projetado. Tivemos um bom primeiro quarto, abrimos uma boa vantagem no primeiro quarto. No segundo, elas vieram com Tassia no lugar de Jaqueline e isso deu uma quebrada na nossa marcação. Mas, no intervalo fizemos alguns ajuste e voltamos a ampliar”, analisa Dornelas

quarta-feira, 7 de janeiro de 2015

Jaraguá: Chegou a hora da estreia em casa pela Liga de Basquete Feminino (LBF)

06JAN15-02 l Liga de Basquete Feminino l Izabella Frederico Sangalli © Henrique Porto (Agência Avante!)

No futsal, o torcedor de Jaraguá do Sul já está acostumado às emoções da Liga Nacional. Agora, uma nova equipe e modalidade tenta conquistar os corações da torcida. Vestindo roxo e branco, desta vez é o basquete feminino quem pede passagem. Os projetos se igualam com seus inícios modestos, mas com perspectivas de um futuro vitorioso.

Se nas quadras de 40 por 20 metros já são quatro títulos nacionais, nas de 28 por 15 metros as garotas comandadas por Julio Patricio ainda correm atrás de uma primeira vitória. E este pode acontecer logo mais, nesta quarta-feira (dia 7), a partir das 20h, no Novo Arthur Müller, diante do vice-campeão nacional: o Sport (PE).

Para isso, as jaraguaenses apostam em um elenco formado por atletas reveladas nas categorias de base do município, promessas do basquete nacional (com passagem por Seleções Brasileiras menores) e jogadoras ‘veteranas’. O grupo conta com três estrangeiras: a armadora Sthefany Thomas, da Seleção Argentina; a também armadora Leyda Macías, da Seleção Equatoriana; e a pivô Yuli Cruz, com passagem pela Seleção Cubana.

Revelada na base da cidade e com passagem pelo Osasco (SP), a ala/pivô Angela Paradzinski – de 19 anos – festeja a oportunidade de poder jogar em casa uma Liga Nacional. “Sem dúvida, é um sonho se realizando. É como me sentir cada vez mais próxima de ser uma atleta de alto rendimento”, disse.

“Esperamos que a casa esteja cheia, para nos empurrar durante o jogo. Não será uma partida fácil, mas sem dúvida estamos dispostas a doar tudo aquilo que temos para sair com a vitória”, acrescentou.

Outra ‘prata da casa’, Aline Oestereich – de 24 anos – já disputou edições da competição por Blumenau, mas não esconde sua ansiedade por jogar diante da família. “Poder fazer parte disso é muito bom, ainda mais por tudo ter começado aqui para mim”, relembrou.

“Queremos mostrar o fruto de todo o trabalho feito, um trabalho que é desenvolvido há anos com sucesso na base e agora com uma equipe adulta, que mesmo estando pouco tempo junta, tem buscado dar o seu melhor. O basquete de Jaraguá do Sul merece uma boa estreia aqui e a cidade também”, concluiu.

Assim como nas partidas iniciais, o técnico Julio Patricio segue com dois desfalques na equipe. A pivô Leidy Ferreira – se recuperando de uma operação no joelho – e a armadora equatoriana Leyda – aguardando o visto de trabalho – acompanham o jogo da arquibancada.

Os ingressos seguem sendo trocados por 1kg de alimento não perecível no Pampas Grill, Balaroti, Usapeças e Verdureira Dimar. Também haverá troca no local da partida, minutos antes da bola quicar pela Liga de Basquete Feminino (LBF), pela primeira vez em Jaraguá do Sul.

Mantida pela Associação Jaraguaense de Pais e Amigos do Basquete, a equipe Basquete Jaraguá é patrocinada por Havan, Jo Lever, Balaroti, FCB/Trimania, Kaiapós, Pampas Grill, Assessoritec, Splendore Imóveis, J Marcelino, Grupo Dupla Net e Start Academia, além do total apoio da Prefeitura de Jaraguá do Sul, por intermédio da Fundação Municipal de Esportes e Turismo.

LBF volta com rodada de confrontos interessantes, mas sem TV

A terceira semana da Liga de Basquete Feminino (LBF) – 2014/15 será aberta nesta quarta-feira (07 de janeiro), com a realização de três partidas, todas com início marcado para 20h00 (de Brasília). A competição sofreu um pequeno recesso, em virtude das festas de Natal e final de ano, e vai ser jogada pela primeira vez em 2015.

O ‘caçula’ Basquete Jaraguá (nono colocado) atua pela primeira vez no ginásio Novo Arthur Müller, em Jaraguá do Sul (SC), recebendo a visita do Sport Recife (sétimo colocado). Os dois times, que buscam a primeira vitória no campeonato, foram superados na última vez que esteve em quadra: o representante de Santa Catarina foi batido pelo Brasília/BasqueteVizi, enquanto que o Rubro Negro pernambucano foi superado pelo Top Therm/Grupo Leonardi/Sicredi/Unimed/Presidente Venceslau.

“Sem dúvida, é um sonho se realizando, é como me sentir cada vez mais próxima de ser uma atleta de alto rendimento. Esperamos que a casa esteja cheia, para nos empurrar durante o jogo, já que não será uma partida fácil, mas sem dúvida, estamos dispostas a doar tudo àquilo que temos para sair com a vitória", relata à ala/pivô Ângela Paradzinski, do Basquete Jaraguá.

“Vamos jogar com a força máxima, apesar do entrosamento ainda não ser o ideal, estamos mais fortes que no início da LBF. Como sempre, esperamos que a primeira vitória venha logo”, comenta o técnico Rildo Accioly, do Sport Recife, que terá as estreias das pivôs Milena Santos (ex-Recra/ABEC) e a senegalesa Toluwani Omotola (ex- Hapoel Rishon/Israel).

O Basketball Santo André/APABA (sexto colocado) também corre atrás da recuperação encarando o líder Uninassau/América, em partida que será realizada no ginásio Municipal Pedro Dell’Antonnia, na cidade de Santo André (SP). No seu compromisso mais recente, o time do Grande ABC perdeu para a também líder ADCF Unimed/Americana, enquanto que a equipe pernambucana suplantou ao Top Therm/Grupo Leonardi/Sicredi/Unimed/Presidente Venceslau.

“Será um jogo duríssimo, mas o nosso time vem bastante motivado pela última partida contra a ADCF Unimed/Americana, atual campeã e séria candidata ao título”, avalia a técnica Lais Elena, do Basketball Santo André/APABA.

O técnico Roberto Dornelas está ciente da força do adversário, por isso, quer a sua equipe fazendo o seu habitual jogo, impondo o seu ritmo. “Trata-se de um time que não tem tanta rotatividade quanto às equipes consideradas favoritas, mas conta com cinco ou seis atletas muito bem entrosadas, que jogam sempre com muita cadência. Acho que o ponto que pode ser determinante para definir a partida é não entrar neste ritmo cadenciado delas", analisa o treinador do ‘caçula’ pernambucano, que não poderá contar com a ala Tatiane Pacheco, que no último treino antes do recesso de final de ano fraturou o dedo mindinho da mão direita e ficará por algumas semanas sem atuar, em recuperação.

E, complementando a jornada, a APAB/Unifeb Barretos (nona colocada) encara o Brasília/BasqueteVizi (oitavo colocado), no ginásio João Batista da Rocha, em Barretos (SP). O time da casa, que busca a reabilitação, perdeu para o Maranhão Basquete, por outro lado, a equipe do Distrito Federal suplantou ao Basquete Jaraguá em seu único jogo realizado até aqui.

“Trabalhamos forte, não só para este duelo contra o Brasília, mas também pelos que virão pela frente. Vamos enfrentar um adversário difícil, que conta com atletas experientes, mas tentaremos usar o fator casa para sair com o resultado positivo”, comenta a ala Maila Ciciardi, da APAB/Unifeb/Barretos.

“Espero sair novamente com a vitória, jogando sempre com humildade e impondo uma marcação muito forte. Temos um respeito grande pela equipe de Barretos”, relata o técnico Marco Carvalho, da equipe brasiliense.

A terceira semana será complementada na sexta-feira (09 de janeiro), às 20h00 (de Brasília), com mais três partidas: ADCF Unimed/Americana x Brasília/BasqueteVizi, em Americana (SP), Basquete Jaraguá x Uninassau/América, em Jaraguá do Sul (SC) e Basketball Santo André/APABA x Sport Recife, em Santo André (SP).

Time de Kelly vence a primeira na Turquia

Osmaniye Genclik

O bom desempenho da pivô Kelly Santos, 10 pontos e 10 rebotes (double-double), foi extremamente importante para a primeira vitória do Osmaniye Genclik na Liga Turca Feminina (TKBL) – 2014/2015. Nesta segunda-feira (05 de janeiro), o time da brasileira derrotou o Hatay, por 66 a 50 (30 a 22 no primeiro tempo), atuando em seu ginásio, pela 10ª rodada, quebrando uma série negativa de nove jogos.

O confronto foi equilibrado, mas sempre com a equipe da casa comandando o marcador, com destaque para o crescimento de produção no primeiro e terceiro quartos, quando a defesa funcionando muito bem (14 a 08 e 15 a 08). Nos segundo e quarto períodos, a vantagem foi menor (16 a 14 e 21 a 20), porém sempre favorável ao Osmaniye Genclik.

Emocionada, a brasileira classifica esta vitória como a melhor de sua carreira. “Pela primeira vez nesta temporada, jogamos com confiança na defesa e no ataque. Sem dúvida, esta foi a melhor vitória da minha carreira em 22 anos de basquetebol”, relata Kelly, enaltecendo a superação do grupo.

“Nada descreve a força que tivemos que fazer para buscar a superação psicológica e sairmos com este importante resultado positivo, o nosso primeiro na temporada”, acrescenta a pivô.

Com esta vitória, o Osmaniye Genclik subiu para a 12ª colocação na classificação geral, somando 11 pontos, em dez jogos realizados (01 vitória e 09 derrotas). Já o próximo desafio do time de Kelly Santos será contra o Mersin M, no sábado (10 de janeiro), às 10h00 (de Brasília), atuando fora de casa, pela 11ª rodada da Liga Turca Feminina (TKBL) – 2014/2015.

terça-feira, 6 de janeiro de 2015

Uninassau America promove peneira para meninas do nordeste



A equipe da UNINASSAU/América está selecionando atletas para reforçar o seu time feminino sub-21 que disputará a Liga de Desenvolvimento, competição oficial que será realizada após o encerramento da LBF.


O peneirão será realizado no Ginásio do Sesc de Santo Amaro e na quadra da Universidade Maurício de Nassau, nas Graças, no período de 14 a 19 de janeiro, pela manhã (8h) e à tarde (14h). Quem se inscrever antecipadamente, pelos telefones (81) 8262-1980 (Gattei) e (81) 9758-5346 (Aline), terá direito à hospedagem e alimentação. 


As inscrições também podem ser feitas no primeiro dia das seletivas. Basta se dirigir as unidades onde serão realizados os testes.

domingo, 4 de janeiro de 2015

Presidente Venceslau faz seletiva no dia 15 de janeiro

A equipe de basquete feminino Top Therm/Uniesp/Cia de Talentos/ Sert-PV da cidade de Pres. Venceslau realizará SELETIVA para formação das equipes sub 15 (nascidas de 2001, 2000) e sub 17 (nascidas em 1999 e 1998) para a temporada 2015.

A seletiva acontecerá no dia 15 de janeiro, a partir das 15:00 horas, na Quadra do Colégio Uniesp ( Rua Piracicaba, nº 47)..

As interessadas deverão estar munidas do RG e vestidas com roupas adequadas para a prática esportiva.

Maiores informações pelo telefone (18) 3271-7101 e (18) 3271-1522 ou (18) 98119 - 3289.

Seleção de Atletas em Santos

1898170_1533200390298187_8284231515034939648_n

Após 15 dias de folga, Venceslau se prepara para sequência de jogos


Presidente Venceslau x Sport - Liga de Basquete Feminino (Foto: ABPV / Divulgação)

O descanso acabou. Depois de 15 dias de folga, o elenco do basquete feminino de Presidente Venceslau volta aos treinos neste sábado (3). Conforme o técnico Flávio Prado, o período de pausa nas atividades foi benéfico depois de um ano cansativo, a fim de que a equipe recuperasse as energias para uma sequência de seis jogos e viagens em janeiro, pela Liga de Basquete Feminino (LBF).

As atletas ganharam folga no último dia 19, dois dias depois da derrota para o América-PE, no terceiro jogo da LBF. Nas duas semanas sem atividades coletivas, o elenco recebeu uma cartilha com orientações ligadas a treinamentos físicos e alimentação. A partir de sábado, os trabalhos físicos são mantidos e passam a ser intercalados com a parte tática e técnica.

- Resolvemos dar essa folga porque tivemos um ano muito intenso. Com um elenco reduzido, o desgaste se deu o tempo todo, tanto físico quanto emocional. Além disso, a questão da logística fez com que o tempo de folga fosse maior, para que as atletas conseguissem viajar e curtir as festas sem correria. Achamos que vai ser benéfico esse período. É bom para relaxar e serviu para recarregar as baterias, pois os próximos três meses serão intensos - comenta Flávio Prado.

O próximo jogo de Venceslau será no dia 12 (sexta-feira), às 20h, contra Barretos, dentro de casa. Esta partida dá início a uma maratona de mais cinco jogos em janeiro, com viagens para São Luís (MA) e Brasília (DF). Atualmente, a equipe se encontra em quinto lugar na LBF, com uma vitória e duas derrotas.

Fonte: Globoesporte.com

Recra tem até fevereiro para ingressar na elite

Com o objetivo de buscar recursos para viabilizar a participação do time feminino de basquete da Recreativa na Série A1 do Campeonato Paulista de 2015, o técnico Márcio Marolo esteve reunido na tarde de ontem com o secretário adjunto de Esportes de Ribeirão Preto, Edmilson Dezordo.

O prazo final para que a Recra decida se irá participar da competição se encerra no dia 25 de fevereiro – data em que acontece o congresso técnico da competição do próximo ano. O treinador da equipe ribeirão-pretana tem em mãos o planejamento para próxima temporada, mas precisará contar com a ajuda das iniciativas pública e privada para aumentar o seu orçamento mensal.

Atualmente, o total de gastos do clube de basquete feminino, em parceria com a prefeitura municipal gira em torno de R$ 14 mil mensais. Para montar um time competitivo, Marolo vê a estimativa subir aproximadamente R$ 35 mil.

“Tive uma reunião preliminar com o Dezordo [Edmilson], nas próximas semanas vou apresentar o projeto para o Luchesi [Júnior, secretário de esportes de Ribeirão Preto]. É importante participar [da Série A1 do Paulista] até que o projeto ganhe uma projeção maior, esse é o pontapé inicial para que possamos formar uma base forte”, afirmou Marolo.

Consciente das dificuldades vividas pela equipe, o treinador pede mais sensibilidade ao esporte na cidade. “Vamos ver se os resultados nos dão uma credencial maior”, finalizou.

Fonte: A Cidade

Liga de Basquete Feminino (LBF) – 2014/15 retorna no dia 07 com três jogos

A Liga de Basquete Feminino (LBF) – 2014/15 retorna, depois do recesso de final de ano, no dia 07 de janeiro (quarta-feira), com a realização de três partidas, todas com início marcado para 20h00 (de Brasília): Basquete Jaraguá x Sport Recife, em Jaraguá do Sul (SC), Basketball Santo André/APABA x Uninassau/América, em Santo André (SP), e APAB/Barretos x Brasília/BasqueteVizi, em Barretos (SP). Estes duelos abrem a terceira semana.
Até aqui, a atual campeã, ADCF Unimed/Americana, e o ‘caçula’ Uninasssau/América lideram a competição com seis pontos, decorrentes de três resultados positivos, mantendo o 100% de aproveitamento. O São José/Colinas Shopping também contabiliza seis pontos, só que em quatro partidas disputadas (02 vitórias e 02 derrotas), aparecendo na terceira colocação.
O Maranhão Basquete é o quarto colocado, com cinco pontos (02 vitórias e 01 derrota), enquanto que o ‘caçula’ Top Therm/Grupo Leonardi/Sicred/Uunimed/Presidente Venceslau ocupa a quinta colocação, somando quatro pontos (01 vitória e 02 derrotas). O Basketball Santo André/APABA é o sexto, com três pontos (01 vitória e 01 derrota).
O Sport Recife vem na sequencia com três pontos, ainda sem vencer na competição. O Brasília/BasqueteVizi soma dois pontos, decorrentes da vitória na estreia, ocupando a oitava posição. Por fim, os estreantes Basquete Jaraguá e APAB/Barretos também contabilizam dois pontos, em decorrência de duas derrotas, dividindo o nono lugar na classificação geral.
Entre os destaques individuais, aparecem: Jaqueline Silvestre, do Basketball Santo André/APABA, é a líder entre as cestinhas (22.5 pontos por jogo); Clarissa dos Santos, da ADCF Unimed/Americana, ponteia nos rebotes (10.6 por jogo); Babi Honório, também da agremiação da Americana, aparece no topo nas assistências (7.0 por jogo); Carina Felippus, do Basketball Santo André/APABA, encabeça a lista na recuperação de bolas (4.0 por jogo); e Grazi Moraes, do Maranhão Basquete, é o destaque nos bloqueios (2.0 tocos por jogo).
No aproveitamento dos arremessos, os principais nomes são: a norte-americana Tiffany Hayes, do Uninassau/América, é a melhor nos dois pontos; Carol Ribeiro, do São José/Colinas Shopping, é o destaque nos arremessos de três pontos; enquanto que Maila Cicciardi, da APAB/Barretos, Palmira Marçal, da ADCF Unimed/Americana, a argentina Sthefany Thomas, do Basquete Jaraguá, a norte-americana Richa Jackson, da APAB/Barretos, e Tatiana Conceição, do Basketball Santo André/APABA, são os principais nomes no lance livre.
A terceira semana será complementada no dia 09 de janeiro (sexta-feira), com a disputa de mais três jogos, também marcados para 20h00 (de Brasília): ADCF Unimed/Americana x Brasília/BasqueteVizi, em Americana (SP), Basquete Jaraguá x Uninassau/América, em Jaraguá do Sul (SC), e Basketball Santo André/APABA x Sport Recife, em Santo André (SP).
Fonte: LBF

Tupã Basquete realiza processo seletivo para equipes femininas de base

A diretoria do Tupã Basquete (Casa do Garoto) convida meninas nascidas nos anos de 2000/2001 (Sub-15) e 1998/1999 (Sub-17) para participarem do processo seletivo, visando à montagem das equipes de base para a disputa do Campeonato Paulista Feminino – 2015.
Data: 10 de Janeiro (sábado)
Horário: a partir das 14h00 (de Brasília)
Local: ginásio Municipal Elias Kenaifes (rua Tapajós, s/n – Centro), em Tupã (SP)
Informações: Cleiton (14) 99890-5755, Hayden (14) 99796-0417, Mauri (14) 99888-2467 e Natane (14) 99674-0477.
Fonte: LBF

Começa a troca de ingressos para estreia do Basquete Jaraguá em casa na Liga de Basquete Feminino (LBF) – 2014/15

Cercada de muita expectativa, a estreia do Basquete Jaraguá em casa pela Liga de Basquete Feminino (LBF) – 2014/15 acontece nesta quarta-feira (07 de janeiro), às 20h00 (de Brasília), no Novo Arthur Müller, em Jaraguá do Sul (SC). O adversário será o atual vice-campeão da LBF, o Sport Recife (PE), equipe que teve seu elenco reformulado para esta temporada.
E para incentivar a presença do público, os dirigentes da Associação Jaraguaense de Pais e Amigos do Basquete, entidade que faz a gestão da equipe Basquete Jaraguá, optaram pela não cobrança de ingressos nesta primeira – e histórica – apresentação da equipe na cidade. Estes deverão ser trocados, em três locais, por um quilo de alimento não perecível.
“Buscamos fazer uma ação social, em parceria com entidades, ao mesmo tempo incentivar a população a lotar o ginásio para conhecer o time que nos representa e toda a região Sul do Brasil na Liga”, adiantou Giovane Schmauch, presidente do Basquete Jaraguá.
Os pontos de troca são os patrocinadores Pampas Grill (anexo ao Supermercado Angeloni), Balaroti Materiais de Construção (o lado do Novo Arthur Müller) e Usa Peças (no bairro Barra do Rio Cerro). Também haverá troca momentos antes da bola quicar, porém se ainda existirem ingressos disponíveis, uma vez que o ginásio tem uma limitação de 1.000 lugares.
A partir do segundo jogo em casa, contra o Uninassau/América (PE), no dia 09, também às 20h00 (de Brasília), o ingresso terá um custo de R$ 10 (dez reais). Estudantes e aposentados pagam R$ 5 (cinco reais). Crianças até 10 anos e atletas dos polos da modalidade não pagam ingresso, desde que acompanhados por um adulto. Os pontos de venda permanecem os mesmos.
“A ansiedade para a estreia em casa é grande e estamos na expectativa de ver a aceitação do público. Esperamos realmente que o ginásio lote e até por isso pensamos nessa promoção, para incentivar a população a comparecer”, conclui Schmauch.
Mantida pela Associação Jaraguaense de Pais e Amigos do Basquete, o Basquete Jaraguá, a equipe de Jaraguá do Sul é patrocinada por Havan, Jo Lever, Balaroti, FCB/Trimania, Kaiapós, Pampas Grill, Assessoritec, Splendore Imóveis, J Marcelino, Grupo Dupla Net e Start Academia, além do total apoio da Prefeitura de Jaraguá do Sul, por intermédio da Fundação Municipal de Esportes e Turismo.
O elenco do Basquete Jaraguá é composto por atletas reveladas nas categorias de base do município, promessas do basquete nacional (com passagem por Seleções Brasileiras menores) e jogadoras ‘veteranas’. O grupo conta com três estrangeiras: a armadora Sthefany Thomas, da Seleção Argentina; a também armadora Leyda Macías, da Seleção Equatoriana; e a pivô Yuli Cruz, com passagem pela Seleção Cubana.
Fonte: LBF